Por uma Nova Universidade

Caros docentes, discentes e técnico-administrativos da UFMS, Campus de Três Lagoas, com vistas a intervir de forma qualitativa no debate acerca da construção de um projeto para uma nova Instituição de Ensino Superior federal (que possa vir a ser edificada com a possibilidade de desmembramento do CPTL em relação à UFMS), destacamos abaixo as diretrizes que nortearão os militantes do ANDES-SN. Salientamos que essas diretrizes foram adaptadas da “Proposta do ANDES-SN para a Universidade brasileira”.

Desde o início dos boatos de que se estava constituindo comissões para estudos da viabilidade de tal desmembramento, a ADLeste cobrou a abertura do debate. Entendemos que a reunião geral ocorrida no dia 11 de junho de 2014, no auditório da Unidade I, foi apenas o início de um processo que deve amadurecer se forem garantidos os espaços para a discussão ampla e qualificada sobre a Universidade que a comunidade anseia.

A ADLeste não se coloca contrária em princípio à desvinculação do CPTL em relação à UFMS e a criação de uma nova IES, da mesma forma não entende que esta seja a solução para os problemas administrativos do CPTL. Nossa participação na construção deste processo tem por objetivo intervir de forma qualitativa na configuração dos princípios que deverão nortear uma IES para que seja nova desde a concepção e não apenas na denominação.

Entendemos que este pode ser um momento importante para discutirmos a universidade que queremos, mesmo considerando as limitações das leis gerais que regulamentam uma Instituição Federal de Ensino Superior (IFES). Nos limites da lei, podemos forjar uma Universidade Pública, Gratuita, de Qualidade Socialmente Referenciada, e assim desde o nascedouro inovadora que aponte para o país novas formas de se fazer a Universidade.

O texto que segue está dividido em 4 eixos temáticos (A, B, C e D) que apresentam as diretrizes de forma geral e apontam também para propostas objetivas. Sabemos que, em uma provável nova IES, muitas demandas deverão ser levadas para uma necessária estatuinte (processo de construção do estatuto), todavia acreditamos que no processo de construção de uma nova Universidade essas fases se confundem. Neste sentido, os princípios devem ser desde já delineados pela comunidade.

[Download da Proposta] – Texto completo em PDF

Seção Sindical